Tecnologia do Blogger.

.

RSS

Ir ou ficar, eis a questão.

Adiei esse post por uma série de questões, mas hoje finalmente decidi publicar. Quando decidi ser au pair pesei uma série de questões, afinal, eu ajudo minha família no Brasil, tenho dois gatos que são meus filhos e só quem é mãe de gato sabe o que isso realmente significa (não digo criar um bichinho de estimação, digo SER MÃE de gato) se você não sabe a diferença, você não vai entender porque é meio louco isso, enfim, não posso pensar apenas em mim.
Ao mesmo tempo, ir significa uma nova experiência de vida, amadurecer meu lado pessoal que perde muito para o profissional, afinal abdiquei de muita coisa para trabalhar e estudar. O upgrade no currículo que é indiscutível quando você coloca que morou um ano fora e fez um curso nos EUA, independente do curso, você já vai estar a frente de que não tem vivência no exterior. A melhora no inglês, afinal, um ano fora pesa muito. Uma mega experiência de vida que levaria comigo para todo o sempre.

Eis que com tudo decidido, após o visto avisei o meu chefe da minha decisão. Nesse dia ele ficou triste por eu estar indo, mas feliz por mim afinal seria uma experiência única e nada do que ele oferecesse se compararia a isso, por isso ele não se atreveria a fazer uma proposta para eu ficar (palavras dele! isso numa quinta-feira... apertou minha mão e disse que as portas da empresa estariam abertas para quando eu voltasse, e que era para eu mandar um e-mail quando eu estivesse voltando). Beleza, estava bem tensa afinal eu tenho muitas responsabilidades lá e ninguém faz o que eu faço, então precisaria de alguém ASAP para eu passar tudo e ir tranquila.

Proposta #1
No dia seguinte a conversa mudou e eu fui chamada a sala do meu chefe, que é diretor da empresa e também dono. Eis que recebo a seguinte proposta: um aumento de R$ 1.000 a mais para eu ficar. HAHAHA claro que não aceitei! Agradeci, mas disse que não iria ficar. (Já estava descontente com meu salário nessa empresa e sempre quis fazer um MBA, mas meu salário nunca daria...não o que eu queria... então meu passo é falar inglês fluente para conseguir um mega emprego que me permita pagar meu MBA e todo mundo fica feliz...#not). Ao saber da minha vontade de fazer MBA...

Proposta #2
Ele ofereceu para a empresa pagar a metade (o MBA que eu quero custa R$ 23.500) pediu que eu pensasse.Não precisei pensar muito, a resposta foi não. Novamente agradeci e continuei procurando um substituto para o meu lugar (sim, não tem RH na empresa que eu trabalho). Isso foi numa sexta-feira, na segunda-feira...

Proposta #3
Ele disse que pensou bem e que a proposta que ele tinha feito antes não era muito boa porque afinal com o aumento que eu ganharia, teria que pagar a outra metade do MBA... então chegou a conclusão de aumentar R$ 1.500 a mais no meu salário e pagar integralmente o meu MBA.
Confesso que balançou muito. Fiquei com uma hiper, ultra, mega, master dúvida. Eu poderia terminar o MBA sem desistir do au pair, só teriaque abandonar minha host family e voltar ao programa quando terminasse o MBA, mas seria muita cachorrada com a empresa e com a host family. Ficar de vez, seria o mesmo que subir muitos degraus e ficar estagnada, afinal, conheço pessoas na mesma empresa que ganham o mesmo salário há séculos... meu inglês continuaria essa coisa avançadinha sem fluencia de sempre... pensei e repensei, pensei mais um pouco... nunca tive nada de graça, sempre paguei todas as minhas coisas, cursos, esse intercâmbio... quando não sou eu o governo paga (me formei com bolsa integral em uma excelente faculdade). Então não vou me prender a um MBA, né? Isso eu posso fazer quando eu voltar, o intercâmbio não... chega uma hora que não dá mais para ficar um ano fora. Se eu sem filhosm namorado e marido já vai ser horrível por causa dos meus filhos gatos, imagina mais para frente...

Então para o bem da nação do meu futuro, diga ao povo que vou!
 Escrevi esse post para deixar registrado, afinal, essa saga não está sendo fácil. Estou deixando muita coisa para trás com um propósito. Então vamos que vamos!

Post anterior respondido nos próprios coments :)

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

2 recados:

Audrey (seraupairoquee.blogspot.com) disse...

Nossa nem preciso dizer o quanto eu me orgulho de vc neh??
Se eu tivesse que escolher alguem para ser igual seria vc!!
COragem, determinacao,humildade, honra e muitas outras qualidades!
Sei que vc vai arranjar um emprego maravilhoso quando voltar e sei que sua jornada de sucesso esta apenas comecando!!
pOR ISSO TE DESEJO TODAS AS BENCAOS DO MUNDO, que DEUS ilumine seu caminho e suas decisoes.
Um grande beijo da sua maior fa!!
te vejo aqui

Mandy Anita disse...

Oie Larissa
Nossa mas vc foi bem forte pra recusar essa propostas maravilhosa hehehhe...
Mas tenho certeza, que esse intercambio ira te trazer muito aprendizado e valera muito mais a pena do que continuar no Brasil, hj é me considero outra pessoa, com outra cabeça, nada melhor do que um banho de cultura para mudar isso =D
Boa sorte!
Bjao

Postar um comentário